ujeC3qEw2lQ

A leucemia linfoide aguda (LLA) é mais prevalente entre pacientes de origem étnica latina. Em trabalho internacional apresentado no ASH 2018, os hematologistas Elisa Quiroz (Beaumont Health, EUA) e Eduardo Rego (Oncologia D’Or, Brasil), comentam a questão e tentam entender por quê.

Sofia Moutinho

Jornalista multimídia especializada na cobertura de saúde, ciência, tecnologia e meio ambiente. Formada em jornalismo na UFRJ com pós-graduação pela Fiocruz/COC.