Diversos veículos digitais e impressos do Brasil apresentaram, ao longo dos últimos dias, alguns dos destaques da reunião anual Sociedade Americana de Oncologia Clínica (Asco, na sigla em inglês).

Entre os temas mais comentados, esteve o estudo que mostrou que o uso de goserilina é um método promissor para preservar a fertilidade de mulheres que passam por tratamento quimioterápico para combater o câncer de mama. O assunto foi alvo de reportagens em grandes portais de notícia, como Terra e Yahoo.

Os tratamentos envolvendo imunoterapia para o câncer de colo de útero também receberam atenção de importantes veículos, como os jornais Zero Hora, do Rio Grande do Sul, e Correio Braziliense, do Distrito Federal. Os jornais destacaram que, apesar de os estudos relativos ao câncer de colo de útero ainda serem preliminares, a imunoterapia já tem apresentado bons resultados em outros tratamentos, sobretudo o de melanomas.

O jornal brasiliense comentou também os estudos que apresentaram a relação entre obesidade e o desenvolvimento de tumores.

Os bons resultados obtidos pela combinação entre tratamento hormonal e quimioterapia para o câncer de próstata, em pesquisa apresentada pelo oncologista Christopher Sweeney, do Instituto do Câncer Dana-Farber de Boston, também receberam destaque na imprensa nacional.

Na próxima edição de Onco& você acompanha nossa cobertura completa sobre a Asco.

revista-onco

Oncologia para todas as especialidades.