O consumo de alimentos ricos em ômega 3 pode fazer bem para o coração, mas aumenta o risco de câncer de próstata agressivo, segundo um estudo americano publicado ontem no American Journal of Epidemiology.

A pesquisa envolveu mais de 3.400 homens.

Aqueles com altos níveis no sangue de uma proteína que indica consumo de ômega 3 tiveram duas e meia vezes mais câncer.

Por outro lado, homens com maiores índices gorduras trans na corrente sanguínea tiveram uma redução de 50% no risco de câncer. Nenhuma das gorduras foi associada ao baixo risco da doença.

Segundo os pesquisadores, do Fred Hutchinson Cancer Research Center, em Seattle, o impacto do ômega 3 e de outros ácidos graxos no desenvolvimento do câncer ainda é pouco conhecido.

Os médicos afirmam que são necessários mais estudos antes de mudar a recomendação de consumo da substância.

Fonte: Folha de S. Paulo

revista-onco

Oncologia para todas as especialidades.