O Hospital Sírio-Libanês (HSL), em parceria com o Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer, criou um Centro de Oncologia Molecular, cujo objetivo é desenvolver pesquisas buscando avanços no diagnóstico, na compreensão dos fatores prognósticos dos diferentes tumores, na capacidade de prever a resposta aos tratamentos e nos próprios recursos terapêuticos.

Com foco na pesquisa aplicada, a unidade será coordenada pela pesquisadora do Instituto Ludwig, Anamaria Camargo, que se transfere juntamente com todo o grupo de pesquisa em Biologia Molecular e Genômica para o Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa (IEP), em São Paulo. O trabalho realizado pelo grupo contará com o apoio financeiro das duas instituições.

“Trata-se de uma associação que já nasce vencedora. A extensa experiência do Instituto Ludwig na implantação de programas de pesquisa na área de genética do câncer e no desenvolvimento de novas drogas irá se somar à excelência no tratamento oncológico do Hospital Sírio-Libanês, gerando novas perspectivas para os pacientes, dentro e fora da Instituição”, afirma a pesquisadora.

revista-onco

Oncologia para todas as especialidades.