Todos os anos, a ASCO reconhece pesquisadores, defensores dos pacientes e líderes da comunidade global de oncologia que fizeram contribuições significativas para melhorar a vida das pessoas com câncer. Juntos, os premiados representam os avanços significativos no tratamento da doença e a liderança na comunidade de oncologia.

Este ano, dezessete líderes em oncologia terão seu trabalho reconhecido. “Os premiados deste ano são o passado, o presente e o futuro da nossa área”, disse Michael Link, um dos ex-presidentes da ASCO e hoje presidente da Comissão Especial de Seleção dos Premiados. “Eles têm contribuído enormemente para melhorar o tratamento e o cuidado de pessoas com câncer. É uma honra premiá-los”, afirmou.

Todos os prêmios serão apresentados na Reunião Anual da ASCO 2013, de 31 de maio a 4 de junho em Chicago (EUA), com exceção do Gianni Bonadonna Breast Cancer Award and Lecture, que será apresentado durante o Breast Cancer Symposium 2013, em São Francisco (EUA), entre 7 e 9 de setembro.

Confira os homenageados na ASCO deste ano:

David A. Karnofsky Award and Lecture

Martine Piccart – Professora de oncologia na Université Libre de Bruxelles e diretora de medicina no Instituto Jules Bordet, em Bruxelas, Bélgica. É líder internacional em pesquisa colaborativa em câncer de mama para o desenvolvimento de medicamentos, sendo pesquisadora principal de inúmeros ensaios clínicos. É co-fundadora e presidente do Grupo Internacional de Mama (BIG), que reúne 49 grupos de pesquisa acadêmica de todo o mundo e realiza mais de 30 ensaios. Recebeu inúmeros prêmios por suas contribuições à pesquisa e é a atual presidente da Sociedade Europeia de Oncologia Médica e da Organização Europeia de Câncer, assim como é membro da Sociedade Americana de Oncologia Clínica.

Science of Oncology Award and Lecture

Charles L. Sawyers – Chefe do Programa de Oncologia Humana e Patogênese do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, onde trabalha para trazer abordagens específicas para pacientes que tiveram seu perfil molecular estratificado. Seu laboratório está investigando como o câncer de próstata evolui para a resistência à castração. Sua primeira descoberta veio de estudos de isogênicos sensíveis à castração, estudo que identificou que o aumento da expressão do receptor de andrógeno é necessário suficiente para conferir resistência. É presidente eleito da Associação Americana para Pesquisa do Câncer, ex-presidente da Sociedade Americana de Investigação Clínica e atua como conselheiro científico do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos (NCI).

ASCO Award and Lecture

Kenneth Offit – Chefe do Serviço de Genética Clínica do Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, membro do Programa de Biologia do Câncer e Genética do Instituto e professor de Medicina e Saúde Pública no Weill College of Medicine da Universidade de Cornell. Em 1996, seu grupo de pesquisa descobriu a mutação genética mais comum associada com câncer de mama e ovário hereditários que ocorrem entre os judeus de ascendência europeia. Seu laboratório também descobriu ou descreveu mutações recorrentes que aumentam o risco de câncer de cólon e de próstata. Em 2002, seu grupo foi o primeiro a medir prospectivamente o impacto da cirurgia preventiva de ovário em indivíduos portadores de mutações dos genes BRCA. Em 2010, realizou o primeiro estudo de associação do genoma BRCA2 ao câncer de mama e está utilizando sequenciamento de última geração para definir marcadores genômicos de risco para leucemia, linfomas, câncer de mama, ovário e próstata.

B. J. Kennedy Award for Scientific Excellence in Geriatric Oncology

Arti Hurria – Geriatra e oncologista, com foco em atendimento do paciente idoso com câncer. Atualmente é diretora do Programa de Pesquisa de Câncer e Envelhecimento do City of Hope, presidente do Painel de Oncologia na Terceira Idade do National Comprehensive Cancer Center, editora-chefe do Journal of Geriatric Oncology e co-presidente da Comissão do Idoso na Aliança do Câncer. Atua como principal pesquisadora em um grupo que visa identificar e desenvolver metodologias de pesquisa para levar recomendações baseadas em evidências e melhorar o atendimento clínico de idosos com câncer. Fundou e dirige o Cancer and Aging Research Group, é ex-bolsista da Conquer Cancer Foundation e graduada no Programa de Desenvolvimento de Liderança da ASCO, além de pesquisar preditores clínicos e biológicos da toxicidade da quimioterapia em idosos com câncer de mama.

Distinguished Achievement Award

Eduardo Cazap – Fundador e primeiro presidente da Sociedade de Medicina Oncológica da América Latina e Caribe (SLACOM), ex-presidente da International Union Against Cancer (UICC) e recentemente nomeado vice-presidente da força-tarefa dos países em desenvolvimento da Sociedade Europeia de Oncologia Médica. Sua liderança ajudou a colocar o câncer na agenda política internacional. Em 2011, em grande parte devido ao trabalho da UICC e de outras organizações internacionais de câncer, a ONU realizou uma reunião de alto nível sobre o câncer e outras doenças não transmissíveis. Cazap atuou como co-presidente do Grupo de Trabalho da Sociedade Civil das Nações Unidas para assessorar o Presidente da Assembleia Geral da ONU durante esta reunião. Em setembro de 2010 foi designado pelo governo argentino como membro do Conselho Executivo do recém-criado Instituto Nacional do Câncer da Argentina.

Gianni Bonadonna Breast Cancer Award and Lecture

Larry Norton – Diretor médico do Evelyn H. Lauder Breast Cancer no Memorial Sloan-Kettering Cancer Center (MSKCC). É responsável pela cadeira de oncologia clínica no MSKCC e professor de medicina no Weill Medical College da Universidade de Cornell. Dedicou sua vida à erradicação do câncer através de atividades de assistência médica, pesquisas clínicas e laboratoriais, ações junto ao governo e de advocacy. Foi nomeado para o National Cancer Advisory Board, o conselho de administração do Instituto Nacional do Câncer dos EUA, onde atuou como presidente da Subcomissão de Orçamento. Foi um dos fundadores do The Breast Cancer Research Foundation e atualmente é diretor científico do grupo. Atuou e presidiu inúmeras comissões no Instituto Nacional do Câncer norte-americano, bem como no Instituto de Medicina da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos. É ex-presidente e membro da Sociedade Americana de Oncologia Clínica. Sua pesquisa tem foco no uso de medicamentos para tratar o câncer, tendo se envolvido pessoalmente no desenvolvimento de vários agentes eficazes, incluindo paclitaxel e trastuzumabe.

Humanitarian Award

Bella Kaufman – Uma das principais médicas dedicadas à pesquisa do câncer de mama. Desde 2001 lidera a unidade de câncer de mama do Chaim Sheba Medical Center, em Tel Hashomer, afiliado da Universidade de Tel Aviv. É fundadora e líder do Consórcio Israelense para o Câncer de Mama Hereditário. Além de ser amplamente publicada, participa de vários comitês de consulta e assessora o Ministério da Saúde e o parlamento israelense sobre as principais questões que afetam a política de saúde em oncologia. Foi ex-secretária do Grupo de Mama Israelense e atualmente é membro do Comitê de Pesquisa da Associação Israelense de Câncer. Voluntária de longa data, atualmente é membro do conselho de organizações não-governamentais que promovem o direito à igualdade em saúde e a prestação de assistência médica pelos Direitos Humanos a clínicos israelenses, com especial atenção para as populações de pacientes carentes com câncer. Ela vai além do seu trabalho diário com o paciente para cuidar das populações carentes em sua região, como o recente fluxo de refugiados africanos para Israel e as aldeias palestinas da Cisjordânia.

Partners in Progress Award

Howard R. Soule – Vice-presidente executivo e diretor científico da Prostate Cancer Foundation (PCF), a principal organização filantrópica no financiamento e incentivo a pesquisa sobre o câncer de próstata no mundo. O papel de Soule no Prostate Cancer Foundation tem contribuído grandemente para o sucesso da Fundação em acelerar a pesquisa internacional e aumentar a consciência pública sobre a doença. É membro senior do Milken Institute, uma organização sem fins lucrativos, e do Department of Defense Prostate Cancer Research Program Integration Panel.

Pediatric Oncology Award and Lecture

Garrett M. Brodeur – Possui uma cadeira de associado de pesquisa no Departamento de Pediatria e é diretor associado do Abramson Cancer Center, na Perelman School of Medicine da Universidade da Pensilvânia. O objetivo de sua pesquisa é identificar os genes, proteínas e as vias responsáveis ​​pela patogênese do neuroblastoma e desenvolver abordagens terapêuticas que tenham essas vias como alvo. Está investigando o papel do CHD5, que codifica uma proteína neural específica de remodelação da cromatina na regulação do crescimento e diferenciação de neuroblastoma, bem como a sua interação com MYCN. Explora constantemente abordagens de nanotecnologia para terapias-alvo de inibidores de tirosina-quinase, bem como os agentes convencionais.

Public Service Award

Richard Pazdur – Diretor do Instituto de Produtos de Hematologia e Oncologia no Centro de Avaliação e Pesquisa de Drogas do Food and Drug Administration (FDA). Criado em 2005, este escritório busca consolidar a avaliação de medicamentos e terapias biológicas para o diagnóstico, tratamento e prevenção do câncer, bem como a revisão dos medicamentos e produtos biológicos para doenças hematológicas e empregados na imagiologia médica. Sua posição facilita a coordenação das atividades de oncologia em todos os centros do FDA e garante a divulgação e colaboração permanente entre FDA, o Instituto Nacional do Câncer dos EUA e outras organizações relacionadas ao câncer, dentro e fora do governo. Foi diretor da Divisão de Medicamentos Oncológicos de setembro de 1999 a maio de 2005. Antes de entrar para o FDA, lecionou medicina na Universidade do Texas MD Anderson Cancer Center.

Special Recognition Award

Otis W. Brawley – Diretor médico da Sociedade Americana do Câncer. Atua como professor de hematologia, oncologia, medicina e epidemiologia na Universidade de Emory. Ao longo de uma carreira que abrangeu a prática clínica, pesquisa e políticas públicas, defendeu iniciativas da Sociedade Americana de Câncer para cessação do tabaco, alimentação, detecção precoce do câncer e cuidados do paciente, bem como os esforços para eliminar as disparidades no acesso aos cuidados de qualidade em câncer. É membro do Centro de Controle de Doenças e Prevenção do Comitê Consultivo sobre Câncer de Mama em Mulheres Jovens.

Fellows da American Society of Clinical Oncology (FASCO)

Fellow da American Society of Clinical Oncology (FASCO) é uma distinção que reconhece os membros da ASCO pelo seu extraordinário serviço voluntário, dedicação e compromisso com a Associação. Seus esforços beneficiam a ASCO, a especialidade da oncologia, e, principalmente, seus pacientes. Os profissionais que receberão a distinção este ano são:

Stephen A. Cannistra, MD

Michael A. Carducci, MD

Eduardo L. Cazap, MD, PhD

Martin J. Murphy, DMedSc, PhD

Joan H. Schiller, MD

George W. Sledge Jr., MD

Everett E. Vokes, MD

revista-onco

Oncologia para todas as especialidades.